resumo

Em entrevista realizada para o Memorial do São Paulo Futebol Clube, José Poy fala sobre sua família e sua rotina na Argentina, atrelada ao trabalho do pai como ferroviário e auxílio a mãe nas tarefas de casa. Teve uma forte aproximação com a criação italiana, pela tradição de sua família paterna, já que sua mãe era espanhola. O gosto pela cultura italiana veio em boa parte por seu avô, com quem morou durante a infância. Quando criança atuou no futebol de várzea em campeonatos organizados por bairros, com os seus primos. Destaca que era o pior deles, mas o único que se tornou profissional. Questão de sorte, segundo ele. Começou no futebol profissional atuando na linha, na equipe do Rosário. Mudou para o gol uma vez que o goleiro do time se machucou durante a partida e na época não havia substituição de goleiro, e ali ficou até o fim da carreira como jogador. Veio para o Brasil em uma excursão com o Rosário e foi convidado por Vicente Feola para atuar pelo São Paulo Futebol Clube. Nessa época passou por algumas cidades, mas se encantou com São Paulo e Rio de Janeiro. Voltou para a Argentina, mas logo apareceu no SPFC dizendo que estava indo jogar na Colômbia (na época muitos jogadores iam para lá pela facilidade da contratação), o que não era verdade. Logo foi contratado, e com facilidade, pelo tricolor. O São Paulo, apesar de sempre se dedicar mais ao futebol, foi um clube em que vários esportes eram praticados, gerando campeões. Poy relembra o treinamento no Canindé e as características do clube na época. No período em que o goleiro veio para o Brasil a televisão ainda não estava na lista de entretenimento. Era comum a ida para as praias de Santos e passeios nos cinemas de rua, do que lembra bem. A construção do estádio do Morumbi se deu durante o tempo de atuação do goleiro pelo time. Poy chegou a vender cadeiras cativas e títulos patrimoniais do clube. Saindo do São Paulo teve uma breve passagem pela Portuguesa, época em que sofreu certo preconceito por se dizer são paulino, ouvindo muitas vezes que entregaria o jogo para o São Paulo. Depois foi para o XV de Novembro de Jaú, time que diz ter muito carinho. Atuando como treinador do SPFC teve grandes conquistas, e em toda a sua carreira agradece a torcida. Após a inauguração do estádio, Poy admira toda a estrutura do SPFC dentro e fora da construção. Desde o que é destinado ao associado do clube até o treinamento e departamento médico para o jogador de futebol.

história

imagens (6)

get_date(); ?>

Entrevista em vídeo

data (ou período): Ano 1993 Imagem de:José Poy

get_date(); ?>

O goleiro Tricolor

Imagem de:José Poy

get_date(); ?>

José Poy Tricolor

Imagem de:José Poy

get_date(); ?>

Mapa José Poy

Imagem de:José Poy

get_date(); ?>

José Poy

Imagem de:José Poy

get_date(); ?>

Clube - Inauguração do Morumbi

data (ou período): Ano 1960 Imagem de:José Poy

fechar

Entrevista em vídeo

Imagem capturada da entrevista em vídeo.

período: Ano 1993
local: Brasil / São Paulo / São Paulo
imagem de: José Poy
história: Tricolor hermano
crédito: Acervo Pessoal
tipo: Fotografia

O goleiro Tricolor

Foto do goleiro argentino José Poy, durante uma partida do SPFC.

local: Brasil / São Paulo / São Paulo
imagem de: José Poy
história: Tricolor hermano
crédito: Acervo Pessoal
tipo: Fotografia

José Poy Tricolor

Retrato do goleiro José Poy na época em que atuava no São Paulo Futebol Clube.

local: Brasil / São Paulo / São Paulo
imagem de: José Poy
história: Tricolor hermano
crédito: Acervo Pessoal
tipo: Fotografia

Mapa José Poy

José Poy nasceu na Argentina. Atuou como jogador no clube Rosário Central e veio para o Brasil para atuar no São Paulo Futebol Clube. Posteriormente atuou como treinador no SPFC e XV de Jaú, além de ter ido para a Arábia Saudita exercendo o papel de treinador.

local: Brasil / São Paulo / São Paulo
imagem de: José Poy
história: Tricolor hermano
crédito: Acervo Pessoal
tipo: Mapa

José Poy

José Poy com 67 anos, na parte externa do Shopping Center Sul. Foto tirada no dia 14 de janeiro de 1994.

local: Brasil / São Paulo / São Paulo
imagem de: José Poy
história: Tricolor hermano
crédito: Márcia Zoet
tipo: Fotografia

Clube - Inauguração do Morumbi

Poy abraça Homero Belintani. À esquerda está Gino Orlando e Mateus Serroni. O Morumbi foi inaugurado parcialmente em 1960. Poy foi um dos responsáveis pela venda de 8000 cadeiras cativas.

período: Ano 1960
local: Brasil / São Paulo / São Paulo
imagem de: José Poy
história: Tricolor hermano
crédito: Acervo Pessoal
tipo: Fotografia

história na íntegra


opções da página