resumo

Em seu depoimento, Veveco fala sobre as origens de sua família, sua infância, como foi o desenvolvimento de Belo Horizonte através dos anos do aspecto arquitetônico a partir da sua formação como arquiteto e o estabelecimento da capital como um dos grandes lugares culturais do país. Conta sobre a Choplândia como ponto de encontro de artistas no Edifício Maletta, entre outros, e a então criação do Berimbau Club, conhecido pela decoração que remetia aos clubes de jazz, local que posteriormente ficou marcado como um dos grandes pontos de encontro do Clube da Esquina. Comenta também sobre as viagens que fez com o Clube para a Europa, sua paixão pela comida. Não deixa de falar da honra de ter sido uma das homenagens na música “Vevecos, Panelas e Canecas” de Beto Guedes e também de ser o arquiteto encarregado, junto com sua esposa, Marisa, do Museu do Clube da Esquina.

fechar

Presença vip

Fernando Brant, Bituca, Mariza Machado Coelho (esposa de Veveco) e Veveco, no camarim do teatro onde estava sendo gravado o show acústico de Milton.

local: Brasil / Minas Gerais / Belo Horizonte
história: Tocando fogão
crédito: Álvaro Mariano Teixeira Hardy
tipo: Fotografia

Na casa do Milton Nascimento

Mariza, Veveco, Bituca e Fernando Navarro na casa de Milton, casa que Veveco desenvolveu como arquiteto. Navarro, na época em que Wagner Tiso estava na Espanha para a gravação da sinfonia “Descobrimento das Américas”, foi quem hospedou o compositor e maestro. Tornou-se a partir de então amigo dos demais integrantes do Clube Mineiro.

local: Brasil / Minas Gerais / Belo Horizonte
história: Tocando fogão
crédito: Álvaro Mariano Teixeira Hardy
tipo: Fotografia

Artilheiros da música

Músicos reunidos para um futebol no campo de Chico Buarque de Holanda no intervalo das gravações do disco “Sentinela” de Milton Nascimento. (Em pé: 1*, 2*, Murilo Antunes, Hildebrando Prates Neto, Pedro Brant, Veveco Hardy, Fernando Brant. Agachados: Tunai, Toninho Horta, 3*, Reinaldo, Wagner Tiso, Mazolla.)

local: Brasil / Minas Gerais / Belo Horizonte
história: Tocando fogão
crédito: Álvaro Mariano Teixeira Hardy
tipo: Fotografia

Vevecos, Panelas e Canelas

Nesta foto, estão os amigos que inspiraram a música “Veveco, Panelas e Canelas”, que são amigos do pessoal do Clube da Esquina: (dir/esq.) Milton Nascimento, Veveco, Tavinho das “Panelas”, Chico “Canelas” e Fernando Brant.

local: Brasil / Minas Gerais / Belo Horizonte
história: Tocando fogão
crédito: Álvaro Mariano Teixeira Hardy
tipo: Fotografia

“O Tavinho na casa do Veveco”

Cartoon feito por Chico Caruso num almoço em sua homenagem, oferecido por Veveco, que além de arquiteto é chef de cozinha. Estão caricaturados: Mariza (esposa de Veveco), Cláudio Paiva (cartunista do Rio de Janeiro), Mariano (também cartunista), Fernando Brant, Veveco, Silvana Guedes, Beto Guedes e Tavinho Moura.

período: Ano 1982
local: Brasil / Minas Gerais / Belo Horizonte
história: Tocando fogão
crédito: Chico Caruso
tipo: Documento
Palavras-chave:

Veveco por Chico Caruso

Caricatura de Veveco Hardy feita por Chico Caruso, na ocasião de um almoço que o Clube da Esquina, representado pelo Chef e arquiteto, ofereceu à banda dos irmãos Caruso “Muda Tancredo Jazz Ban.

período: Ano 1989
local: Brasil / Minas Gerais / Belo Horizonte
história: Tocando fogão
crédito: Chico Caruso
tipo: Documento
Palavras-chave:

história na íntegra


opções da página