resumo

A história de seus pais e as lembranças com o avô. As brincadeiras no bairro da Ponte Rasa e na escola. Os sonhos de infância. A época da escola e a vontade de aprender. Ensino técnico e as decisões profissionais. O primeiro salário e a realização de sonhos. A rotina atribulada da graduação/trabalho e as inúmeras possibilidades de carreira. Os três momentos marcantes de sua jornada profissional até o momento atual. Seu trabalho na área de conteúdo do Banco Pan. As experiências no grupo de afinidades racial Afro PAN e a realização do Café Preto. A rotina no dia-a-dia e os momentos de lazer. O impacto da pandemia em sua vida. Seus sonhos e o legado para o futuro.

história

imagens (10)

get_date(); ?>

O sorriso de felicidade

data (ou período): Ano 1999 Imagem de:Anônimo

get_date(); ?>

Amizade na pele

data (ou período): Ano 2016 Imagem de:Anônimo

get_date(); ?>

Cora e Ramon antes da pandemia

data (ou período): Ano 2019 Imagem de:Anônimo

get_date(); ?>

O sonho da casa própria

data (ou período): Ano 2020 Imagem de:Anônimo

get_date(); ?>

A celebração do amor

data (ou período): Ano 2020 Imagem de:Anônimo

get_date(); ?>

Renovação de autoestima

data (ou período): Ano 2021 Imagem de:Anônimo

get_date(); ?>

Um momento novo da vida

data (ou período): 01/04/2022 Imagem de:Anônimo

get_date(); ?>

Pai super palmeirense

data (ou período): Ano 2022 Imagem de:Anônimo

get_date(); ?>

Felicidade de Dona Dalva

data (ou período): Ano 2022 Imagem de:Anônimo

get_date(); ?>

A emoção de ver Frida

data (ou período): 09/11/2022 Imagem de:Anônimo

fechar

O sorriso de felicidade

Juliane, em seu aniversário de seis anos, ganhando um beijo na bochecha e um abraço do seu irmão Rodrigo. Ela conta que a data foi bastante especial pois, além dos momentos de afeto com o irmão, estava usando um conjuntinho do grupo É o Tchan!, do qual era fã.

período: Ano 1999
local: Argentina / Buenos Aires
imagem de: Anônimo
crédito: Acervo Pessoal
tipo: Fotografia

Amizade na pele

Juliane e sua amiga, Cora. Nesse dia, as duas foram fazer a primeira tatuagem juntas. A tatuadora criou os desenhos na hora e eternizou o laço das duas, tatuando o rosto uma da outra no braço delas. Juliane brinca que, por isso, a amizade com Cora tem que ser pra sempre.

período: Ano 2016
local: Argentina / Buenos Aires
imagem de: Anônimo
crédito: Acervo Pessoal
Palavras-chave:

Cora e Ramon antes da pandemia

Juliane com Cora e Ramon, seus melhores amigos, em um bar, antes da pandemia de Covid 19. Ela conta que os três se conheceram no primeiro emprego deles, em 2011, na editora Saraiva. Desde então, todos os anos, se encontram pra cultivarem a amizade, conversarem sobre suas vidas pessoais e trabalho e festejarem. Nesse dia, estavam em um bar que tocava samba, no centro de São Paulo.

período: Ano 2019
local: Argentina / Buenos Aires
imagem de: Anônimo
crédito: Acervo Pessoal
tipo: Fotografia

O sonho da casa própria

Juliane segurando o contrato de compra de seu primeiro apartamento, em 2020. Ela tinha o sonho de sair da casa dos pais e por meio da cunhada, que é corretora de imóveis, conseguiu financiar um imóvel na planta. Nesse dia, Juliane tinha ido fazer endoscopia de manhã e foi mesmo assim assinar o contrato a tarde.

período: Ano 2020
local: Argentina / Buenos Aires
imagem de: Anônimo
crédito: Acervo Pessoal
tipo: Fotografia

A celebração do amor

Juliane no casamento de seu irmão Rodrigo e sua cunhada, Gabriela. Eles se casaram em um espaço na Vila Madalena durante a pandemia e Juliane conta que foi um momento muito especial, em que estava feliz e emocionada com a certeza de estar presenciando um encontro de almas e celebrando o amor. Dessa união, Juliane vai se tornar tia de Liz, sagitariana como ela, que nasce em dezembro de 2022.

período: Ano 2020
local: Argentina / Buenos Aires
imagem de: Anônimo
crédito: Acervo Pessoal
tipo: Fotografia

Renovação de autoestima

Juliane durante o retiro O Despertar da Deusa em Águas de São Pedro, interior de São Paulo. Ela conta que essa viagem foi muito importante porque a fez trabalhar com sua espiritualidade e mudou diversas coisas em sua vida. Juliane nesse momento estava com os cabelos curtos e conta que, até então, tinha dificuldade de ver beleza em si. Na fotografia, as participantes tinham que fazer uma sessão de fotos como forma de renovação da autoestima e de celebração da própria beleza.

período: Ano 2021
local: Argentina / Buenos Aires
imagem de: Anônimo
crédito: Acervo Pessoal
tipo: Fotografia

Um momento novo da vida

Juliane em uma cabine telefônica em Londres, na Inglaterra. Ela conta que sempre quis viajar sozinha, mas sua mãe sempre teve muito medo. Em abril de 2022, realizou o sonho de visitar a Europa pela primeira vez, sozinha e celebrando um novo momento de sua vida. Quando chegou na capital inglesa, primeiramente, sentiu medo, depois, empoderamento e animação. Fez amigos durante a viagem e durante um jantar, próximo ao Museu de História Natural, com uma amiga lituana, quis fotografar algo que representasse a realização desse momento, a cabine vermelha.

período: 01/04/2022
local: Argentina / Buenos Aires
imagem de: Anônimo
crédito: Acervo Pessoal
tipo: Fotografia

Pai super palmeirense

Juliane e seu pai, Raimundo, no Allianz Parque, durante um jogo do Palmeiras. Ela conta que o pai é super fanático pelo time de futebol e que, quando ganhou um ingresso do Banco Pan para assistir ao jogo, não hesitou em chamá-lo na mesma hora. Raimundo foi pela primeira vez ao novo estádio do Palmeiras nesse ano e estava muito feliz de ver o seu time de coração.

período: Ano 2022
local: Argentina / Buenos Aires
imagem de: Anônimo
crédito: Acervo Pessoal
tipo: Fotografia

Felicidade de Dona Dalva

Uma vez por ano, todos os anos, a mãe de Juliane viaja para Araras, na Paraíba, para visitar sua família. Esse ano, no entanto, a viagem teve um sentimento diferente: foi o primeiro ano sem a presença da tia avó Neves e, também, a primeira vez que Juliane pagou essa viagem para sua mãe. Juliane conta que isso foi marcante pois a mãe, sempre muito trabalhadora, não sai muito. Sempre que vai pra lá, Dalva se sente muito feliz e tira fotos, algo que não faz no dia-a-dia.

período: Ano 2022
local: Argentina / Buenos Aires
imagem de: Anônimo
crédito: Acervo Pessoal
tipo: Fotografia
Palavras-chave:

A emoção de ver Frida

Fotografia tirada por Juliane, da obra “Autorretrato com Macaco e Periquito”, de Frida Kahlo (1942), exposta no Museu de Arte Latino-american0 de Buenos Aires – MALBA, em novembro de 2022. Juliane conta que viajou de férias para a Argentina com um amigo e foi ao Malba para ver a obra Abaporu de Tarsila do Amaral. Após a visita ao quadro, na outra sala, se deparou com a pintura de Frida Kahlo e ficou extremamente emocionada por poder ver seu trabalho de perto, passando um bom tempo refletindo sobre a obra. Juliane conheceu Frida por meio da Arte e tem muita admiração pela pintora, um exemplo de mulher forte e incrível para ela.

período: 09/11/2022
local: Argentina / Buenos Aires
imagem de: Anônimo
crédito: Acervo Pessoal
tipo: Fotografia

história na íntegra


histórias que você pode se interessar

23/11/2021

Tricolor hermano

Personagem: José PoyAutor: Museu da Pessoa

23/11/2021

Um menino muito esperto

Personagem: Miguel HerzogAutor: Museu da Pessoa

23/11/2021

Um pouquinho de mim!!!!

Personagem: Renata Martins de SouzaAutor: Renata Martins de Souza

23/11/2021

Eu tenho tanto pra te dizer, como é grande o meu amor por você...

Personagem: Flávia e AlexandreAutor: Flávia e Alexandre

opções da página