resumo

A Walderez da M.Delly. Método de interpretação “Vô Gouveia”. Casamento dos avós e morte da avó. Diferenças entre a família italiana e a família italiana. Pai festeiro e dançarino. Os pais vieram para São Paulo quando quis estudar. Repercussão da morte do presidente Getúlio Vargas e entendimento posterior. Rata de biblioteca. Faculdade de Filosofia? Não. Fiz “bar do Seu Zé”. Encontro com o Luiz Carlos Prestes. Conhece Fauzi Arap e é convidada para fazer parte do CPC. Poesia do Dia das mãe e “Sangue na neve”. Batizada artisticamente pelo Walmor. Festival do Pascoal e o Plínio. O que vou ser quando crescer? Irmão com ideias opostas: discussões, conversas e morte. Tenho talento, mas não vocação. O teatro que me procurou. Casamento e filhos. Dificuldades financeiras porque as peças eram censuradas. Prejuízo. Receita de bolo no lugar das matérias censuradas. Entrada na Tupi e Beto Rockfeller. Prisões do Plínio. Ataque quando encenavam Quando as máquinas param. Retorno dos discursos conservadores no mundo. Pandemia e desencanto. Algumas esperanças. Compreensão do comportamento do irmão e pensamento no coletivo.

história

história na íntegra

Baixar texto na íntegra em PDF

Projeto: Cotidianos Invisíveis da Ditadura Entrevista de Walderez de Barros Entrevistada por Lucas Torigoe (P/1) São Paulo, 12 de abril de 2022 Código da entrevista: COIND_HV010 Revisado por: Nataniel Torres P/1 - Qual que é seu nome completo, onde você nasceu e que data que foi, por favor? R...Continuar leitura



Título: Só vou ser plena se incluir o outro

Local de produção: Brasil / São Paulo

Autor: Museu da Pessoa Personagem: Walderez de Mathias Martins de Barros

histórias que você pode se interessar

opções da página