resumo

Sebastião nasceu em Viçosa, Alagoas e conta sua incrível história para o Museu da Pessoa. Criado por sua avó, viveu até os 8 anos com ela, quando ela ficou doente e foi tratar-se em São Paulo, onde acabou falecendo. Sem notícias e cuidado por uma vizinha, Sebastião resolveu ir embora e foi sozinho para Maceió, passou por dificuldades até que um dia conheceu um senhor que lhe deu um serviço e local para morar. Sebastião o acompanhou até sua morte, e nos conta sobre suas aventuras de viagens até que decidiu vir para São Paulo tentar a vida. Hoje, Sebastião é porteiro na Fundação Gol de Letra, na Vila Albertina, e nos conta sobre a esperança que viu nascer no seu bairro através do projeto, que transforma a vida de crianças carentes, assim como ele já foi um dia.

história na íntegra


histórias que você pode se interessar

opções da página