resumo

Sebastião conta sobre a cidade em que nasceu, sobre a sua vida simples com os seus familiares, seus trabalhos em fazendas, sobre a sua atual família, sua mulher e seus filhos. E relembrou sobre o momento de sua vida em que ficou no alto, arrumando os fios, pois trabalhou trinta e seis anos na empresa Telefônica, instalando fios e fazendo centrais.

história

P - Gostaria que o senhor me dissesse o seu nome completo, o dia e o local onde o senhor nasceu, e o nome do seu pai e da sua mãe. R –Bom, nasci em Monte Alegre do Sul. Filho de José Marcolino Rosa, e a minha mãe se chamava Maria Antonia de Jesus, mas no meu registro é Maria Clara, porqu...Continuar leitura



imagens (9)

get_date(); ?>

Aniversário em família

data (ou período): Ano 1999 Imagem de:Sebastião José Gomes

get_date(); ?>

Exímio dançarino

data (ou período): Ano 1993 Imagem de:Sebastião José Gomes

get_date(); ?>

Como um filho

data (ou período): Ano 1990 Imagem de:Sebastião José Gomes

get_date(); ?>

Beijinho doce

data (ou período): Ano 1999 Imagem de:Sebastião José Gomes

get_date(); ?>

Mesa farta

data (ou período): Ano 1988 Imagem de:Sebastião José Gomes

get_date(); ?>

Construção e sinuca

data (ou período): Ano 1987 Imagem de:Sebastião José Gomes

get_date(); ?>

Pescando na represa

data (ou período): Ano 1987 Imagem de:Sebastião José Gomes

get_date(); ?>

Reencontrando o pai

data (ou período): Ano 1986 Imagem de:Sebastião José Gomes

fechar

Visita do patrão

Visita do comendador Alexandrino Garcia ao senhor Sebastião Gomes em seu local de trabalho, a oficina da Companhia de Telecomunicações do Brasil Central (CTBC), no Grupo Algar, onde hoje é o refeitório que tem o nome de Sebastião como uma homenagem.

local: Brasil / Minas Gerais / Uberlândia
crédito: Acervo Pessoal
tipo: Fotografia

Aniversário em família

Família de Sebastião reunida para comemorar o aniversário de Maria, sua esposa, no sítio que ele comprou na represa de Pirapitinga quando se aposentou. Esq.-dir.: Elisete, Divino, Edna, Sebastião, Maria, Elisa e Elisabete.

período: Ano 1999
local: Brasil / Minas Gerais / Uberlândia
crédito: Acervo Pessoal
tipo: Fotografia

Exímio dançarino

Sebastião dança com a esposa Maria no noivado de sua filha, Edith. Ao fundo, sua outra filha, Elsa.

período: Ano 1993
local: Brasil / Minas Gerais / Uberlândia
crédito: Acervo Pessoal
tipo: Fotografia
Palavras-chave:

Como um filho

Sebastião e o neto Bruno em frente ao Jipe que ganhou de Alexandrino Garcia. Quando Sebastião estava para sair de férias, o patrão virou para José Leonardo e comentou: "Zé, o Bastião está saindo de férias. Ele gosta das pescadinhas dele e não tem condução. Compra um carro para ele pescar. Para ele, tem que ser um Jipe.". Desde então, Sebastião cuida do automóvel como se fosse um filho.

período: Ano 1990
local: Brasil / Minas Gerais / Uberlândia
crédito: Acervo Pessoal
tipo: Fotografia

Beijinho doce

Sebastião se diverte mandando um beijinho para a câmera durante o aniversário de seu genro Reginaldo, que aconteceu no sítio que comprou na represa de Pirapitinga. Carismático e cheio de gracinhas, nem sempre Sebastião teve a oportunidade de se divertir e brincar: aos oito anos de idade perdeu a mãe e seu pai saiu sem rumo pelo mundo, sendo que aos quinze já precisou se manter sozinho.

período: Ano 1999
local: Brasil / Minas Gerais / Uberlândia
crédito: Acervo Pessoal
tipo: Fotografia

Mesa farta

Sebastião e Maria (esposa) seguram peixes pescados na represa de Pirapitinga, em um sítio que compraram após trinta anos de trabalho árduo e onde residem atualmente. Sebastião considera os peixes, que consome com sua família, fruto do seu lazer e seu atual trabalho, agora que está aposentado.

período: Ano 1988
local: Brasil / Minas Gerais / Uberlândia
crédito: Acervo Pessoal
tipo: Fotografia
Palavras-chave:

Construção e sinuca

Quando estava construindo a sua casa, Sebastião recebeu uma visita do comendador Alexandrino Garcia, que chegou a subir no segundo pavimento da casa mesmo quando já estava debilitado. Olhou tudo, desceu, bateu no ombro de Sebastião e disse: "Você está de parabéns", chegando a dar 230 sacos de cimento para ajudar na construção. Além de pescaria, Sebastião também adora jogar sinuca, e levou essa mesa consigo quando foi morar no sítio.

período: Ano 1987
local: Brasil / Minas Gerais / Uberlândia
crédito: Acervo Pessoal
tipo: Fotografia
Palavras-chave:

Pescando na represa

Como Cícero e Pedro, os companheiros de trabalho de Sebastião na Companhia de Telecomunicações do Brasil Central (CTBC) não perdiam oportunidade de participar das pescadas em companhia de Sebastião e Maria, sua esposa, no sítio que compraram na represa de Pirapitinga.

período: Ano 1987
local: Brasil / Minas Gerais / Uberlândia
crédito: Acervo Pessoal
tipo: Fotografia
Palavras-chave:

Reencontrando o pai

Depois de dezoito anos sem notícias do pai, Sebastião soube de seu paradeiro e foi atrás dele com a ajuda de um sobrinho. Seu pai não o reconheceu, mas mesmo assim Sebastião o trouxe para dentro de casa, onde viveram junto por dois anos, até o seu falecimento. Esq.-dir.: Maria, Elisa, Sebastião, Sebastiana (madrasta) e José (pai).

período: Ano 1986
local: Brasil / Minas Gerais / Uberlândia
crédito: Acervo Pessoal
tipo: Fotografia

história na íntegra


histórias que você pode se interessar

opções da página