resumo

Pernambucano, filho de lavradores, Inácio passou a infância na roça, casa de taipa. Aprendeu a ler aos três anos e tomou gosto por poesia e teatro. Suas brincadeiras preferidas eram: fazer teatro, rezados, folguedos, brinquedos de melancias e abóboras, caçar passarinhos com bodoques. Trabalhou na roça, ao mesmo tempo em que seguia com os estudos. Mudou-se para Alagoas, região do sertão com pouca água, posteriormente, para fazenda de algodão em Martinópolis (SP). Quando foi para Osasco (SP) trabalhou em firmas de fundição, aprendizado do ofício de macheiro: Sofunge e Cobrasma. Participou dos movimentos grevistas nos anos 60 e se engajou no movimento sindical, o que resultou na perseguição policial e prisão.

história na íntegra


opções da página