resumo

Maria Eulene da Silva Sousa conta como foi a sua chegada à cidade de São Paulo depois uma longa viagem partindo do Ceará, seus primeiros trabalhos em fábricas, a evolução profissional como vendedora executiva autônoma e o papel que o banco Santander teve nesta conquista. Aborda a importância da preservação do meio ambiente, que passou a valorizar mais com o seu trabalho, e do papel da educação. Desde cedo, ela e o marido incentivaram a educação musical dos filhos. Nesta entrevista ao Museu da Pessoa, Maria fala do orgulho e da emoção que sente pelo destaque que eles alcançaram como músicos do Baccarelli, instituto localizado na comunidade de Heliópolis.

história na íntegra

Baixar texto na íntegra em PDF

Projeto Identidade Santander Depoimento de Maria Eulene da Silva Sousa Entrevistado por Gustavo Lima e Fernanda Prado São Paulo, 14 de novembro de 2011 Realização Museu da Pessoa Código: BST_HV019 Transcrito por Ana Maria Farinazzo Lorza Revisado por Joice Yumi Matsunaga P/1 – Maria Eulene,...Continuar leitura



Título: Labuta e educação: caminho da transformação

Local de produção: Brasil / São Paulo

Autor: Museu da Pessoa Personagem: Maria Eulene da Silva Sousa

histórias que você pode se interessar

opções da página