resumo

Nivaldo Ornelas nasceu em 1941, em Belo Horizonte. Aos dez anos, foi para uma escola de música de onde saiu músico profissional após seis anos de estudo, dominando seu principal instrumento, o clarinete. Ao sair da escola, a paixão pela música era tão grande que, apesar do trabalho que encontrou num banco, Ornelas passava horas escondido no banheiro compondo. Diferentemente do clima melancólico e bucólico de Minas que estava acostumado na infância, a efervescência dos primeiros anos da juventude fez com que Nivaldo integrasse a fundação do Bar Boate Berimbau, onde muitos músicos do Clube da Esquina se reuniram pela primeira vez. Após a falência do Berimbau, a convite do saxofonista Paulo Moura, mudou-se para trabalhar com música no Rio de Janeiro. Nesse depoimento ao Museu, Nivaldo conta sobre suas maiores contribuições ao Clube da Esquina como o conhecimento de teoria musical que compartilhou com os demais músicos que integraram o movimento, reforçando o caráter virtuoso do estilo dos colegas.

imagens (12)

get_date(); ?>

Show time!

data (ou período): Ano 1964 Imagem de:Nivaldo Ornelas

get_date(); ?>

O primeiro show solo

data (ou período): Ano 1977 Imagem de:Nivaldo Ornelas

get_date(); ?>

O Som Imaginário na sinuca

data (ou período): Ano 1977 Imagem de:Nivaldo Ornelas

get_date(); ?>

De pai para filho

data (ou período): Ano 1982 Imagem de:Nivaldo Ornelas

get_date(); ?>

Live under the sky

data (ou período): Ano 1979 Imagem de:Nivaldo Ornelas

get_date(); ?>

Inauguração da Sala São Paulo

data (ou período): Ano 1999 Imagem de:Nivaldo Ornelas

get_date(); ?>

35 Anos de Carreira

data (ou período): Ano 2000 Imagem de:Nivaldo Ornelas

get_date(); ?>

O som do clarinete

data (ou período): Ano 1958 Imagem de:Nivaldo Ornelas

get_date(); ?>

Amigos da música

Imagem de:Nivaldo Ornelas

get_date(); ?>

Música para sorrir

Imagem de:Nivaldo Ornelas

get_date(); ?>

Ao som da flauta

Imagem de:Nivaldo Ornelas

get_date(); ?>

Fazendo música

Imagem de:Nivaldo Ornelas

fechar

Show time!

Nivaldo Ornelas, Paulo Braga, Wagner Tiso e Milton Nascimento em Show no Automóvel Club.

período: Ano 1964
imagem de: Nivaldo Ornelas
crédito: Leonardo Machado Costa
tipo: Fotografia

O primeiro show solo

Helvius Vilella (piano), Nivaldo Ornelas (acordeom) e Jamil Joanes (violão) durante apresentação do primeiro show solo de Nivaldo Ornelas no Museu de Arte Moderna.

período: Ano 1977
imagem de: Nivaldo Ornelas
crédito: Acervo Pessoal
tipo: Fotografia

O Som Imaginário na sinuca

O Som Imaginário reunido para uma partida de sinuca no Merpuga (Praça Gal. Osório): Nivaldo Ornelas, Paulo Braga, Wagner Tiso, Jamil Joanes e Fredera. O Som Imaginário é uma banda de rock progressivo formada no início dos anos de 1970 no Rio de Janeiro basicamente por músicos mineiros, acompanhou Milton Nascimento em alguns shows. Com formações muito variantes, gravaram três LPs na década de 1970, todos relançados em CD. As músicas mais conhecidas foram "Feira Moderna" (Fernando Brant/ Beto Guedes), "Hey Man" (Zé Rodrix/ Tavito), "Cenouras" (Frederyko, o Fredera) e "Nova Estrela" (Wagner Tiso). O grupo acompanhou outros cantores, como Gal Costa, Sueli Costa e Carlinhos Vergueiro e participou em 1971 do filme "Nova Estrela". Sua formação era: Wagner Tiso, teclados; Luís Alves, baixo; Robertinho Silva, bateria; Tavito, violão; Frederyko (Fredera), guitarra; Zé Rodrix, teclados, voz e flauta; Laudir de Oliveira, percussão; Naná Vasconcelos, percussão; Nivaldo Ornelas, saxofone; Toninho Horta, guitarra; Noveli, baixo; Paulo Braga, bateria.A influência musical de Nivaldo Ornelas vem da família, seus pais eram músicos amadores. Começou a estudar música na Escola de Formação Musical que foi fundada por Heitor Villa-Lobos e aos 16 anos já fazia parte da sinfônica juvenil. Hoje com 40 anos de carreira, Nivaldo é considerado membro do Clube da Esquina.

período: Ano 1977
imagem de: Nivaldo Ornelas
crédito: Acervo Pessoal
tipo: Fotografia

De pai para filho

Nivaldo Ornelas e seu filho Mayo Ângelo Ornelas em um momento de descontração de um show realizado no parque da Catacumba.

período: Ano 1982
imagem de: Nivaldo Ornelas
crédito: Acervo Pessoal
tipo: Fotografia

Live under the sky

Hermeto Pascoal e Nivaldo Ornelas no festival de Tókio, em show intitulado “Live Under The Sky”.

período: Ano 1979
imagem de: Nivaldo Ornelas
crédito: Acervo Pessoal
tipo: Fotografia
Palavras-chave:

Inauguração da Sala São Paulo

Toninho Horta e Nivaldo Ornelas em show na Sala São Paulo, à época da inauguração do espaço.

período: Ano 1999
imagem de: Nivaldo Ornelas
crédito: Maristela Martins
tipo: Fotografia

35 Anos de Carreira

Nivaldo Ornelas (flauta) e Cid Ornelas (violoncelo) em show na sala São Paulo, durante as comemorações dos 35 anos de carreira de Nivaldo.

período: Ano 2000
imagem de: Nivaldo Ornelas
crédito: Maristela Martins
tipo: Fotografia

O som do clarinete

Nivaldo Ornelas tocando clarinete em sua primeira apresentação em público. A influência musical de Nivaldo Ornelas vem da família, seus pais eram músicos amadores. Começou a estudar música na Escola de Formação Musical que foi fundada por Heitor Villa-Lobos e aos 16 anos já fazia parte da sinfônica juvenil.

período: Ano 1958
imagem de: Nivaldo Ornelas
crédito: Acervo Pessoal
tipo: Fotografia

Amigos da música

Amigos fazem som

imagem de: Nivaldo Ornelas
crédito: Acervo pessoal
tipo: Fotografia
Palavras-chave:

Música para sorrir

Amigos se apresentam no palco

imagem de: Nivaldo Ornelas
crédito: Acervo pessoal
tipo: Fotografia
Palavras-chave:

Ao som da flauta

Nivaldo Ornelas tocando flauta

imagem de: Nivaldo Ornelas
crédito: Acervo pessoal
tipo: Fotografia
Palavras-chave:

Fazendo música

Nivaldo Ornelas tocando instrumento

imagem de: Nivaldo Ornelas
crédito: Acervo pessoal
tipo: Fotografia
Palavras-chave:

história na íntegra


histórias que você pode se interessar

opções da página