resumo

Em sua entrevista, Genival Guajajara nos fala sobre sua duas grandes paixões: a caça e a pesca. Em seu relato, diz como aprendeu a embrenhar o mato com os mais velhos e relata sua primeira empreitada na mata completamente só e da felicidade em retornar com carne para casa. Em seguida, seu Nezinho, como é mais conhecido, narra sobre como escapou da picada de uma jararaca, usando os conhecimentos adquiridos sobre as plantas da região. Também diz sobre as mudanças ambientais, de como alguns animais desapareceram e de como os peixes sumiram. Por fim, nos conta um pouquinho sobre suas experiências sobrenaturais, com entidades como a Mãe D'água e com curadores que conheceu na sua infância, onde nos relata um ritual de cura testemunhado por ele. Para Genival, muita coisa mudou, algumas pra pior, como a degradação da fauna e flora, outras melhoraram a qualidade de vida de sua comunidade, como energia elétrica e maior acesso a serviços de saúde.

história

Eu mesmo gostei de caçar e pescar, sempre eu gostei, até agora eu já tô com toda essa idade , mas eu sempre gostei. A primeira caçada eu assim...não tinha muita experiência pra caçada, mas eu era invocado assim com caçada sabe? Eu tinha uns treze pra catorze anos, era rapaizinho, aí eu aqu...Continuar leitura



história na íntegra

  • Vídeo na íntegra
    (não disponível)

  • Áudio na íntegra
    (não disponível)

  • Texto na íntegra
    (não disponível)

  • Ficha técnica

histórias que você pode se interessar

opções da página