resumo

Nascido em 1926, no interior de Minas, Tércio teve uma infância marcada pelas brincadeiras de rua e mudou-se para Campinas, durante a adolescência, para estudar o científico e passar no vestibular de medicina. Ingressou na Escola Paulista e logo depois sua formação, foi convidado para trabalhar em um hospital em Dourados, no Mato Grosso do Sul, no qual atendeu a população local, composta de muitos povos indígenas. Decidiu retornar a São Paulo após os filhos crescerem e foi contratado pela Johnsons como funcionário do Departamento de Investigações Clínicas, permanecendo na subdivisão Farma, até hoje, após sua aposentadoria. Nesse depoimento ao Museu da Pessoa, Tércio relembra sua infância, seu trabalho em Dourados e descreve o passo a passo do desenvolvimento de pesquisas clínicas do laboratório da Johnson e Johnson, ressaltando sua responsabilidade e ética ao lidar com a promoção de novos medicamentos.

história na íntegra


opções da página