resumo

Maria descreve como descobriu sua mediunidade, as mudanças de cidade, a sua batalha diária para alimentar e dar suporte aos quatro filhos, já que seu marido não contribuía em casa, a primeira vez que a Escola de Samba saiu no carnaval, contendo oito componentes. Lembra também do primeiro carro alegórico, chamado Maria Fumaça, que no meio do desfile perdeu a roda. A Colorado do Brás - que já contou com a participação de Adoniran Barbosa e Geraldo Filme - mantém um trabalho social com meninos de rua por meio da Associação Kindelê. Não é usuária do metrô, mas a única vez que o utilizou na vida na inauguração da Estação Brás, quando andou de graça.

imagens (3)

get_date(); ?>

Carnaval a cores

data (ou período): Ano 1988 Imagem de:Maria Marta de Oliveira

get_date(); ?>

Casa de samba

data (ou período): Ano 1986 Imagem de:Maria Marta de Oliveira

get_date(); ?>

Amor carnavalesco

data (ou período): Ano 1987 Imagem de:Maria Marta de Oliveira

fechar

Carnaval a cores

Marta, Wilma e Marli no desfile do Colorados do Brás.

período: Ano 1988
local: Brasil / São Paulo / São Paulo
crédito: Acervo Pessoal
tipo: Fotografia
Palavras-chave:

Casa de samba

Marta em sua residência na rua Rio Bonito, 387, onde nasceu a escola de samba Colorados do Brás.

período: Ano 1986
local: Brasil / São Paulo / São Paulo
crédito: Acervo Pessoal
tipo: Fotografia
Palavras-chave:

Amor carnavalesco

Fundadores da Colorados do Brás, Marta e Bira (ex-marido) participam do segundo desfile da escola de samba.

período: Ano 1987
local: Brasil / São Paulo / São Paulo
crédito: Acervo Pessoal
tipo: Fotografia
Palavras-chave:

história na íntegra


histórias que você pode se interessar

opções da página