resumo

Alicia Del Carmen Pedreros Plaza em sua entrevista recorda como foi perder sua mãe na infância e as dificuldades que passou para ficar com seu marido. Sua vinda ao Brasil pelo Golpe Militar no Chile e o nascimento de suas filhas são assuntos abordados de sua vida, assim como o resgate de sua identidade como mulher chilena no grupo "Mulher, tu é parte, não fique à parte".

fechar

Um momento especial

Alicia na celebração de sua primeira comunhão

período: Ano 1953
história: Paloma nocturna
crédito: Acervo Pessoal
tipo: Fotografia

As irmãs Pedreras

Alicia e suas duas irmãs, Ana Maria e Trindad, na casa de sua avó

história: Paloma nocturna
crédito: Acervo Pessoal
tipo: Fotografia
Palavras-chave:

Para que não me esqueça

Foto enviada por Alicia ao marido que estava no Brasil.

período: Ano 1978
história: Paloma nocturna
crédito: Acervo Pessoal
tipo: Fotografia

Viagem juntos

Alicia e Eduardo em passeio na Ilha de Paqueta

história: Paloma nocturna
crédito: Acervo Pessoal
tipo: Fotografia
Palavras-chave:

Tradição, cultura e alegria

As filhas de Alicia, Verônica e Romina, dançando a tradicional dança folclórica chilena da Ilha de Pascoa. Anos depois, Romina foi campeã mundial em São Paulo e bicampeã no Canadá

história: Paloma nocturna
crédito: Acervo pessoal
tipo: Fotografia

Às origens

Romina (filha), Eduardo (marido), Alicia e Verônica (filha) em festa de comemoração da Independência do Chile

história: Paloma nocturna
crédito: Acervo Pessoal
tipo: Fotografia
Palavras-chave:

Homem posa para foto

Homem posa para foto.

história: Paloma nocturna
crédito: Acervo Pessoal
tipo: Fotografia
Palavras-chave:

Caminhada e fotos

Alicia e seu marido Eduardo numa caminhada.

história: Paloma nocturna
crédito: Acervo Pessoal
tipo: Fotografia
Palavras-chave:

história na íntegra


opções da página