resumo

Trata-se de um sítio, próximo da cidade, onde tudo era lindo e cheirava gostoso. Há mais de trinta anos ainda não tinha energia elétrica naqueles lados. Nem postes acesos na noite. O povo que por lá vivia acostumara-se a seguir a lua cheia. Era a única luz que tinham nas noites escuras. Em casa, só lampiões e lamparinas. Na frente da casa tinha um jardim muito bem cuidado pela minha avó. Tinha um caminho, que nós chamávamos de trilho que todos os dias era varrido com vassoura feita por ela mesma com galhos secos.

Palavras-chave:

história

Em um quarto grande, num sítio no interior de Minas... - Vovó, meu nariz está todo preto por dentro... - Venha aqui, filhinha, eu limpo para você, é assim mesmo, quando a lamparina fica acesa a noite toda vocês ficam de nariz preto. Lamparina: Espécie de lampião pequeno, feita de latão com...Continuar leitura




histórias que você pode se interessar

opções da página