Idade do Pensar

Compartilhar:

Ano: 2019

“Cada história presente nesta coleção conduz a um universo de sensações. Cada narrativa uma expressão de vida cheia de particularidades. Ouvir o outro falando sobre si é um dos exercícios mais pulsantes e pungentes. E quando paramos para escutar os idosos nos damos conta da força do pensar nessa idade, em como a memória traça seus caminhos para resistir. Resgatar a trajetória da própria vida através da oralidade é uma afirmação de autoestima e uma possibilidade de se inscrever no tempo. O rosto do idoso carrega em si uma imensidão de paisagens, cada traço do tempo carrega uma memória vivida. O processo de revisitar as lembranças é também um ato de criação: ao lembrar recorta-se e edita-se a memória, criando novas possibilidades e leituras para o que foi. Busquei na edição dos vídeos dialogar com essa estratégia do lembrar, pontuando o que saltava em cada narrativa como um fio condutor para o mergulho no outro, encontrando no presente a ressonância com o passado. Uma fagulha de vida renasce a cada memória resgatada.”
Cristiano Burlan

1ª parte da exposição 2ª parte da exposição 3ª parte da exposição