O museu está aberto

para todos que queiram contar

suas histórias

Elas podem ser registradas em estúdio ou por meio de videoconferência, enviadas através do Diário para o Futuro ou gravadas em encontros virtuais de compartilhamento de histórias.