23/11/2021

O casamento de Niède

Personagem: Niède GuidonAutor: Museu da Pessoa

fechar

Projeto Memória Local na Escola - Bom Jesus e Currais, 2015

período: Ano 2015
local: Brasil / Piauí / Bom Jesus
tipo: Fotografia

Projeto Memória Local na Escola - Bom Jesus e Currais, 2015

período: Ano 2015
local: Brasil / Piauí / Bom Jesus
tipo: Fotografia

Projeto Memória Local na Escola - Bom Jesus e Currais, 2015

período: Ano 2015
local: Brasil / Piauí / Bom Jesus
tipo: Fotografia

Casa de Maria Cândida

local: Brasil / Belo Horizonte
imagem de: Ivo Dias
história: Figuras do dissenso
crédito: Ivo Dias
tipo: Fotografia

Rua Silvéria Cândida Pinto

local: Brasil / Belo Horizonte
imagem de: Ivo Dias
história: Figuras do dissenso
crédito: Ivo Dias
tipo: Fotografia

Fazenda de Silvéria Cândida Pinto

local: Brasil / Belo Horizonte
imagem de: Ivo Dias
história: Figuras do dissenso
crédito: Ivo Dias
tipo: Fotografia

Vista da cidade

local: Brasil / Belo Horizonte
imagem de: Ivo Dias
história: Figuras do dissenso
crédito: Ivo Dias
tipo: Fotografia

Palmeira

local: Brasil / Belo Horizonte
imagem de: Ivo Dias
história: Figuras do dissenso
crédito: Ivo Dias
tipo: Fotografia

Casa de Silvéria Cândida Pinto

local: Brasil / Belo Horizonte
imagem de: Ivo Dias
história: Figuras do dissenso
crédito: Ivo Dias
tipo: Fotografia

Cerrado em Luxemburgo

local: Brasil / Belo Horizonte
imagem de: Ivo Dias
história: Figuras do dissenso
crédito: Ivo Dias
tipo: Fotografia

Rua Professor João Martins

local: Brasil / Belo Horizonte
imagem de: Ivo Dias
história: Figuras do dissenso
crédito: Ivo Dias
tipo: Fotografia

Urbanização do bairro Luxemburgo: instalação da rede elétrica na Rua Silvéria Cândida Pinto

local: Brasil / Belo Horizonte
imagem de: Ivo Dias
história: Figuras do dissenso
crédito: Ivo Dias
tipo: Fotografia

Reencontrando o pai

Depois de dezoito anos sem notícias do pai, Sebastião soube de seu paradeiro e foi atrás dele com a ajuda de um sobrinho. Seu pai não o reconheceu, mas mesmo assim Sebastião o trouxe para dentro de casa, onde viveram junto por dois anos, até o seu falecimento. Esq.-dir.: Maria, Elisa, Sebastião, Sebastiana (madrasta) e José (pai).

período: Ano 1986
local: Brasil / Minas Gerais / Uberlândia
crédito: Acervo Pessoal
tipo: Fotografia

Pescando na represa

Como Cícero e Pedro, os companheiros de trabalho de Sebastião na Companhia de Telecomunicações do Brasil Central (CTBC) não perdiam oportunidade de participar das pescadas em companhia de Sebastião e Maria, sua esposa, no sítio que compraram na represa de Pirapitinga.

período: Ano 1987
local: Brasil / Minas Gerais / Araguari
crédito: Acervo Pessoal
tipo: Fotografia

Mesa farta

Sebastião e Maria (esposa) seguram peixes pescados na represa de Pirapitinga, em um sítio que compraram após trinta anos de trabalho árduo e onde residem atualmente. Sebastião considera os peixes, que consome com sua família, fruto do seu lazer e seu atual trabalho, agora que está aposentado.

período: Ano 1988
local: Brasil / Minas Gerais / Araguari
crédito: Acervo Pessoal
tipo: Fotografia

Construção e sinuca

Quando estava construindo a sua casa, Sebastião recebeu uma visita do comendador Alexandrino Garcia, que chegou a subir no segundo pavimento da casa mesmo quando já estava debilitado. Olhou tudo, desceu, bateu no ombro de Sebastião e disse: "Você está de parabéns", chegando a dar 230 sacos de cimento para ajudar na construção. Além de pescaria, Sebastião também adora jogar sinuca, e levou essa mesa consigo quando foi morar no sítio.

período: Ano 1987
local: Brasil / Minas Gerais / Uberlândia
crédito: Acervo Pessoal
tipo: Fotografia
Palavras-chave: